Dicas e Turismo

Seguro Viagem

Post feito em parceria com a Coris Assistência

Seguro viagem é o tipo de “gasto” que ninguém quer ter em uma viagem, pois acredita que nunca irá precisar! (eu desejo mesmo que seja assim).

Contudo, em alguns casos isso deixa de ser opcional e o seu “querer” não é algo considerável, quando o destino, por exemplo, exige que você tenha isso para entrar e permanecer dentro dele.

Todos já devem saber que estou falando dos países que fazem parte do Tratado de Schengen, onde o turista deve comprovar que está assegurado em até 30.000 euros em assistência médica.

Pesquise antes de viajar quais são esses países, pois tratado Schengen é diferente de Comunidade Européia e Zona Euro. Nem sempre um país europeu está ao mesmo tempo, dentro desses 3 grupos.

Daí você me pergunta: “Mas eles vão perguntar se eu tenho isso?”

E eu te respondo: Nem sempre!

Isso será exigido de você no momento em que passar pelo controle de imigração onde caímos naquela velha história: depende da sua idade, de onde você vem e depende do humor do funcionário do aeroporto que irá te atender.

Mas você tem que saber que se isso acontecer e ele perguntar, meu amigo, você vai ter que ter esse seguro.

Porém, existem outros destinos em que isso não é exigido. Sei que nesse caso volta a “preguiça” de adquirir esse serviço, mas antes de deixar pra lá, acredito que vale refletir melhor sobre o assunto.

É verdade que ninguém quer chegar a usar isso e que, se não for obrigatório, por que gastar mais dinheiro? Mas, já ouvi histórias de pessoas que precisaram de assistência em uma viagem e que, não tendo o seguro, tiveram que desembolsar uma grana. Histórias que vão desde a um dente da frente quebrado, à aquisição de remédios que no destino eram de uso controlado, e o viajante não tinha receita.

Se pesquisar, verá que o valor não é nada absurdo e de quebra você adquiri alguns benefícios e auxílios em situações que podem ser sim mais recorrentes em sua viagem como o extravio de bagagem, perda de voos e etc. Vai depender do plano que você adquirir.

Em nossa viagem aos Estados Unidos, utilizamos o serviço da Coris e digo a vocês que com relação ao atendimento na aquisição e esclarecimento de dúvidas, foi perfeito. Sobre a utilização, tivemos a sorte de tudo ter corrido bem e portanto não precisamos acioná-lo. Então, sobre isso não posso dizer.

Mas imagino que assim como no atendimento, a assistência seria devidamente prestada. Conheço outras pessoa que já o utilizaram e não tiveram problemas.

Portanto, fica aqui a nossa dica, antes de dizer que é besteira adquirir um seguro viagem, entre em contato com a Coris, faça uma cotação, e veja situações bem possíveis de acontecer em sua próxima viagem que poderão ser cuidadas por eles.

Fizemos a nossa consulta de plano com o amigo Dalton – www.assistenciacoris.com.br


Seja o primeiro a comentar

Ninguem comentou ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Comente aqui

twitter

Me on Google+