Dicas e Turismo

Sachsenhausen, Campo de Concentração Nazista

Uma das visitas mais emocionantes que fiz em Berlim, foi a visita ao campo de concentração Sachsenhausen.

Isso mesmo, um campo de concentração aberto a visitação, bem próximo de Berlim e de fácil acesso.

Foi algo indescritível atravessar o portão principal e entrar em um mundo onde tantas pessoas sofreram, tantas atrocidades aconteceram e o pior, acredito que nem todas elas foram reveladas ao mundo.

É uma energia muito estranha que ainda hoje paira por ali, é como se todo o sofrimento ainda estivesse por lá, incrustado nas torres de controle, entre os arames farpados e nas paredes daquela fortaleza.

Sachsenhausen 3

História

Sachsenhausen foi construído no verão de 1936 inicilmente para prisioneiros políticos.

Nesse período, a política de violência e agressão de Hitler não estava totalmente em vigor. Tanto que muitas propagandas foram veiculadas para convercer o povo alemão que aquele seria um lugar onde através do trabalho, esses mesmos prisioneiros seriam reabilitados para viver novamente em sociedade.

Os dizeres no portão de ingresso ao campo de concentração, simbolizam essa ideologia “Arbeit Macht Frei” (o trabalho te fará livre), ainda que tal ideologia, depois de pouco tempo, fosse revelada uma grande farsa.

Sachsenhausen 2

Sachsenhausen foi considerado um dos três maiores campos de concentração do regime nazista na Alemanha, construído estratégicamente em Oranienburg, foco de atividades comunistas e social democratas.

Uma coisa importante que você acaba escutando no áudio guia da visita é que os prisioneiros não necessariamente eram judeus, entre eles estavam também estudiosos, professores universitários, homossexuais e todos aqueles que eram contra o regime nazista.

Cerca de 200 mil pessoas passaram por ali e muitas delas morreram de fome, por doenças adquiridas, trabalhos forçados, resultados de experiências médicas ou executadas a tiros ou nas câmaras de gás.

Sachsenhausen 7

Sachsenhausen 6

Sachsenhausen 5

Sachsenhausen 4

Sachsenhausen teve seu funcionamento até abril de 45, quando os soviéticos invadiram a Alemanha e a derrota dos nazistas tornou-se algo eminente.

Sem esperanças, os nazistas ordenaram a evacuação dos prisioneiros na famosa Marcha da Morte, onde os incapacitados de caminhar foram mortos a tiros.

O restante do prisioneiros foram liberados pelos soviéticos e então, Sachsenhausen tornou-se prisão para os nazistas sob o comando dos soviéticos.

Uma curiosidade é que o relógio que encontra-se no topo da torre de controle de ingresso, marca a hora exata em que ocorreu a primeira evacuação dos prisioneiros.

Sachsenhausen 1

Onde

A 35Km da cidade de Berlin.

Straße der Nationen 22
D-16515 Oranienburg

Como chegar

Pegue o trem no ponto onde estiver em Berlim e desça na estação de Oranienburg.

Se você sair da área central de Berlin, precisará comprar um bilhete de trem que cubra a área “ABC”. O bilhete custa aproximadamente 3€ o trecho.

Consulte esse site www.s-bahn-berlin.de para ver tarifas atualizadas e calcular seu percurso.

Depois, em Oranienburg, saia da estação de trem, atravesse a rua e pegue o ônibus 804 (em direcção a “Malz”) ou a linha de ônibus 821 (em direção a “Tiergarten”) para o memorial Sachsenhausen. O bilhete custa aproximadamente 1,40€.

Sachsenhausen 8

Consulte esse site www.bvg.de para ver tarifas atualizadas e calcular seu percurso.

Funcionamento

15/Mar à 14/Out: diariamente das 8:30h às 18h.
15/Out à 14/Mar: diariamente das 8:30h às 16:30h.

Arquivos e Biblioteca

De terça à sexta das 9h às 116:30h.

Para horários atualizados, acesse www.stiftung-bg.de.

Quanto

O ingresso ao campo é gratuito, você paga apenas pelo audio guia que não é obrigatório, mas que eu recomendo sem dúvida alguma.

O valor é de 3€ e está disponível em alemão, inglês, francês, italiano e espanhol. Um mapa do local está incluído e o áudio tem duração de aproximandamente 2h.

Contato

www.stiftung-bg.de
besucherdienst@gedenkstaette-sachsenhausen.de
Tel.: 49 (0)3301 200 0 / 49 (0)3301 200 200
Fax: 49 (0)3301 200 201

Links externos

www.stiftung-bg.de

passagem Veja aqui vôos para Berlim.

hotel Veja aqui hotéis em Berlim.


23 Comentarios

Legal a descrição do campo. Estive lá em 2012,e realmente existe algo estranho no ar. O silencio do local e a maior ttestemunha das atrocidades. Boa dica para quem esta em Berlin. saudações de
Curitiba
Augusto Janiscki Junior

Feito por Augusto Janiscki jr — 28 de janeiro de 2013 @ 00:51



Nem me fale de algo estranho no ar… Toda vez que falo sobre esse lugar, me dá calafrios!
Daniella Mendes

Feito por admin — 13 de fevereiro de 2013 @ 23:34



Só eu estou vendo um spectro na janela onde fica o relógio? Dêem o zoom.

Feito por Débora — 16 de março de 2013 @ 04:31



Vou lá em maio. Seu post me ajudou muito, obrigada!

Feito por Rosângela — 18 de abril de 2013 @ 23:40



Olá!
Perfeita sua descrição do Campo. Acabei de voltar de lá e a anergia do lugar é sinistra. Não consegui percorrer todo o campo pois acabei passando mal!

Feito por Rosana — 25 de junho de 2013 @ 12:37



Ola, gostaria muito de ir para europa e conhecer um campo de concentração , e quero muito ajuda de alguem q possa dar uma dica de como fica mais barato para ir, desde já Obrigado

Feito por guilherme — 15 de setembro de 2013 @ 04:38



Olá Guilherme, tudo bem?
O jeito mais barato de visitar o campo de concentração que falamos nesse post, é exatamente o que descrevemos no item “Como chegar”.
Abraços

Feito por admin — 22 de setembro de 2013 @ 13:11



Estive em fevereiro de 2011 em Berlim e tive a curiosidade de conhecer Sachsenhausen. Na realidade sentimos (estava com a família)um ar pesado e uma energia diferenciada, imagina naquela época aquelas pessoas o que passaram, supostamente não existem mais esse campos, mais as atrocidades contra os povos continua intensivamente, é de se lamentar.
Boas dicas e excelente comentários sobre o memorial, na dúvida só vendo para crer, quem ainda não visitou, faça essa visita.
Um abraço!
Eduardo

Feito por Eduardo Albernaz — 2 de outubro de 2013 @ 15:00



olá,

qual o tempo de duração desde passeio? para se fazer com traquilidade e ainda aproveitar outros pontos em Berlin?

Obrigada, Thamy

Feito por Thamy — 1 de março de 2014 @ 17:32



Olá Thamy, nós fizemos o passeio por nossa conta. Não foi um tour contratado.
Para fazê-lo, levamos o período inteiro da manhã e almoçamos por volta das 13h em um Mc que encontramos a caminho da estação de trem, para retornar a Berlim.

Feito por admin — 3 de março de 2014 @ 00:06



Olá…

Estou “garimpando” alguns lugares pra visitar em Berlin (vou pra lá em setembro correr a Maratona)…muito útil seu site.

Sou Oficial Militar, e essa visita me será muito proveitosa, pelo olhar “de caserna” que terei, divergindo da minha doutrinação judáica.

Feito por luthi oliveira — 17 de maio de 2014 @ 17:11



Olá Luthi, tudo bem?
Fico muito feliz em saber que as informações que deixamos aqui, vão te ajudar em sua viagem.
Desejo a vc também, uma boa sorte na maratona de Berlin.
Abraços

Feito por admin — 17 de maio de 2014 @ 23:04



Só me diga onde se come bem. Quero dizer, arroz, bife,salada,,tipo comida brasileira. Porque se é pra passar fome, e comer porcaria de MC,eu fico em casa.

Feito por carlos do Brasil — 13 de junho de 2014 @ 14:09



Olá Carlos, tudo bem?
Dê uma olhada nesse link – http://guia.melhoresdestinos.com.br/onde-comer-em-berlim-111-1131-p.html Tem algumas dicas.
Mas não espere encontrar uma comida tipo brasileira. Alguns lugares podem não ter isso.
Abraços

Feito por admin — 14 de junho de 2014 @ 22:28



Estive lá em 23/06/14. Foi uma experiência imperdível e inesquecível.

Feito por Maria Higinia — 24 de junho de 2014 @ 16:23



Muito grata por compartilhar sua viagem. Devo ir no principio de agosto e suas dicas ajudaram muito.

Feito por Alice — 9 de julho de 2014 @ 21:50



Olá , achei ótimo seu post sobre o campo de concentração e irei com meu marido em meados de agosto.Saberia informar dias e horários de funcionamento?
Obrigada

Feito por isabela — 1 de agosto de 2015 @ 02:27



Experiência que aconselho qualquer turista que esteja em Berlim. Recomento que leia um pouco sobre os campos de concentração. Dai irão aproveitar melhor. Sem dúvida nenhuma, não houve outro método de extermínio mais horrendo do que esse mostrado neste museu.

Feito por Clever — 6 de agosto de 2015 @ 22:45



Olá Isabela, tudo bem?
Você consegue ver os horários de visita neste link – http://www.stiftung-bg.de/gums/en/index.htm
Espero que ajude e desejo a vocês uma ótima viagem.
Abraços
Daniella Mendes

Feito por admin — 9 de agosto de 2015 @ 11:37



De fato, estive em Berlim p visitar minha filha e quis ir a Sachsenhause. A energia é pesada, algo quase palpável. Saímos de lá bastante deprimidas, minha filha, bastante impressionada, ficou pior q eu.
É um lugar tristíssimo, contudo muito revelador da capacidade do ser humano quanto à ideologias e ao poder.
Faz parte da história e esta nos mostra com o que devemos nos precaver.

Feito por Leila Gutierrez — 5 de setembro de 2015 @ 17:58



Olá, queria apenas parabenizar o post, foi um dos mais completos que há li! E também só completar que quem compra o ticket pra área ABC de Berlim não precisa comprar a passagem adicional para o onibus! O ticket é válido!

Feito por Amanda Capelo — 23 de dezembro de 2015 @ 06:19



Oi Amanda, ficamos felizes que tenha gostado do post e também agradecemos pela sua contribuição.
Abraços

Feito por Daniella Mendes — 8 de maio de 2016 @ 14:40



Muito boa as dicas…
Estou aqui e me ajudou muito.
Abraços

Feito por Mari Ana Krause — 2 de junho de 2016 @ 08:55



Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Comente aqui

hoteis-booking





pesquise hotéis

pesquise passagens

videos

onde fica

    veja também

  1. Roteiro por Berlim
  2. Berlim
  3. Passagens de Trem online
  4. Aeroporto Giovan B. Pastine (Ciampino – CIA)
  5. Chateau de Versailles

twitter

Me on Google+