Dicas e Turismo

Conheça um pouco a cidade da Torre de Pisa

Quem vai para Toscana, na Itália, não pode deixar de visitar essa cidade, muito conhecida pela famosa torta Torre de Pisa e por Galileu Galilei que nessa mesma cidade, nasceu.

É muito fácil chegar até ela, uma vez que está bem próxima de Firenze (Florença) onde os turistas costumam se hospedar e tem uma estação de trem central que disponibiliza conexões para muitas outras cidades.

O bom dessa cidade é que aquilo que você quer visitar está praticamente concentrado no mesmo lugar, na Piazza dei Miracoli e é possível de se ver em um único dia.

Afinal, passar um dia em Pisa, não seria nada mal, né?

Como chegar

Se você vem para a cidade de avião, muito provavelmente vai chegar no Aeroporto de Pisa, o Galileu Galilei (www.pisa-airport.com).

Sair de lá e ir para o centro da cidade é muito fácil.

Saindo do aeroporto, bem a sua frente, praticamente na mesma calçada, vai encontrar uma estação de trem chamada Pisa Aeroporto (por que será, né?). Os bilhetes podem ser comprados dentro do próprio aeroporto no guichê da Trenitalia (www.trenitalia.it).

Os bilhetes para Pisa Centrale (estação central da cidade) custam 1,20€ e o trajeto leva aproximadamente 5 minutos.

Se você vier de trem para Pisa, a partir de uma outra cidade, vai descer nessa mesma estação.

De Firenze até Pisa Centrale por exemplo, você leva cerca de 1h de viagem com bilhetes a partir de 5,90€.

De Roma, você leva de 3h à 4h e paga de 18€ à 50€ o bilhete. Essa variação depende do tipo de trem que vai utilizar. Se os chamados “pinga-pinga” que param em várias estações intermediárias ou aqueles mais rápidos como o Freccia Rossa.

Faça uma pesquisa no site da Trenitalia e veja as opções disponíveis para você.

Clima

Em Pisa, assim como em todo o hemisfério norte, as estações são sempre inversas às nossas.

Dito isso, os meses mais frios serão Dezembro e Janeiro, com temperaturas que variam de 3°C à 11°C, com um pouco de chuvas.

Já os meses mais quentes serão Julho e Agosto com temperaturas entre 16°C e 29°C.

Particularmente, indico a primavera para conhecer essa cidade e a Itália em geral. Principalmente no final de Maio até meados de Junho, quando as temperaturas estão já mais altas e não tem todo aquele volume de turistas que acabem aumentando as filas de visitação.

Como se locomover

Se o seu interesse é apenas passar um dia na cidade. A melhor opção para se locomover será seus próprios pés. Isso mesmo!

Chegando à cidade pela estação Pisa Centrale, você poderá ir à pé até a Piazza dei Miracoli, por exemplo.

PisaDicas1

São aproximadamente 2Km à pé e você poderá ainda cruzar o Rio Arno que é outro lugar interessante para se ver. Apesar da cor barrenta da água, ele é o principal rio da Toscana.

O que ver

Como disse antes, muitas das coisas que todo e qualquer turista quer ver, está concentrada na Piazza dei Miracoli. Lá estão os principais atrativos dessa cidade. Ela é conhecida também como Piazza del Duomo e Campo dei Miracoli.

Se preferir, existe uma estação de trem mais próxima ainda à piazza do que a estação Pisa Centrale. É a estação Pisa S. Rossore. Está a 600m da piazza.

Mas se descer aqui, não vai passar pelo Rio Arno.

torredepisaTorre de Pisa

Cartão postal da cidade. É lá, na piazza que falei acima, que está a famosa torre torta que todos querem tirar a fatídica foto fazendo de conta que está segurando-a.

É conhecida também como Torre Pendente de Pisa e Campanile de Santa Maria.

Você pode também entrar nela, subir seus 296 degraus e do topo ter uma bela vista da cidade.

A visita dura cerca de 30 minutos e o bilhete custa 15€.

Para mais informações e valores atualizados, acesse o site www.opapisa.it.

catedralpisaDuomo di Santa Maria Assunta

É a catedral majestosa que você vai encontrar por lá. Em estilo medieval e com 5 naves, ela resplende na piazza logo depois da torre.

Existe uma lenda a respeito da catedral.

No lado norte, à esquerda da fachada, na altura do seu olhar, existe um pedaço de mármore cheio de buraquinhos pretos.

Diz a lenda que essas são as marcas das unhas do diabo quando tentou escalar a catedral na tentativa de interromper a obra de construção (unghiate del diavolo).

Faz parte ainda dessa lenda a variação do número dessas marcas. Quem se põe a contar, a cada vez que o faz, nunca chega a um mesmo número final. O número sempre varia! Será?

battisteroBattistero

O maior battistero da Itália. E como o próprio nome diz, usado para celebração de batizados.

piazzadeicavalieriPiazza dei Cavalieri

Bom próxima a Piazza dei Miracoli.

Se você estiver de frente para a piazza, a sua direita encontrará a Via Cardinale Ferdinando Capponi. Siga ela até uma bifurcação e depois prossiga pela Via Martiri.

Lá, você verá também a estátua de Cosimo I e a Scuola Normale Superiore, faculdade de grande prestígio.

Aqui nesta mesma piazza, tem uma torre chamada de Torre da Fome, cuja lenda diz que serviu de prisão para o Conde Ugolino della Gherardesca, seus 2 filhos e seus 2 netos. Esse personagem também é lembrado na Divina Comédia de Dante Aleghieri, onde diz que Ugolino, para sobreviver na prisão, comeu seus filhos quando já mortos.

Hoje, essa torre continua visível, englobada ao Palazzo del’Orologio.

universitadipisaL’Universitá degli studi di Pisa

A cidade de Pisa é muito conhecida por suas prestigiosas universidades. Dentre elas, a mais famosa é a Universidade de estudos de Pisa. Ela é a única universidade européia a fazer parte do Universities Research Association.

Encontra-se as margens do Rio Arno no endereço Lungarno Antonio Pacinotti, 43. Este é o lado do rio onde está também a Piazza dei Miracoli.

torreguelfaTorre Guelfa ou Torre della Citadella

Em tempos de dominação do povo guelfo sobre a cidade de Pisa, devido a sua altura, permitia a vista da cidade e também do mar.

rioarnoPonte Solferino e Rio Arno

Posição perfeita para uma foto do rio Arno. Em uma das margens você verá a Igreja de Nossa Senhora della Spina. Onde dizem estar guardada em uma de suas paredes um dos espinhos da coroa de Cristo.

A igrejinha é bonita e muito pequena. Custa uns 2€ o ingresso, mas confesso ser meio decepcionante. Ela não é mais bonita dentro, do que fora. E o espinho que eu esperava tanto ver, não estava visível. Cheguei a me perguntar se algum dia ele esteve lá.

Na cidade de Pisa existe ainda outras atrações como museus e jardins.

Para conhecer mais lugares, dê uma olhadinha nesses sites www.visitpisa.it e www.pisaunicaterra.it

Onde comer

A comida italiana é realmente um caso à parte. Impossível você não gostar de pelo menos um dos inúmeros e deliciosos pratos.

Para experimentar a típica cozinha Toscana, considere o Ristorante La Pergoletta, que está no centro histórico de Pisa na Via delle Belle Torri, 40, próximo ao Teatro Verdi (www.ristorantelapergoletta.com).

O menu com valores está disponível no site do restaurante.

Se quiser experimentar um bom prato de frutos do mar, o melhor é o Ristorante Foresta que encontra-se uma pouco mais afastado. Está na região litorânea de Pisa (Via Litoranea, 2). Aproximadamente 16km da Piazza dei Miracoli (www.ristoranteforesta.it).

Os pratos são mais carinhos, mas vale a pena! Quem já foi, aprovou e recomenda.

Agora, uma boa pizza, você vai comer no Ristorante Pizzeria La Cereria Alle Porte que fica na Viale Bonaini, 3.

E depois, se quiser experimentar um bello gelato, dê uma passada da Gelateria De’Coltelli, que serve sorvetes artesanais super saborosos e encontra-se Lungarno Pacinotti, 23. (www.decoltelli.it)

Dicas

Como disse antes, não acho que vale a pena visitar a Capela de Nossa Senhora della Spina por dentro. Você vai pagar 2€ e não vai ver o tal do espinho.

Por fora ela é uma graça.

Outra coisa, desça em Pisa Centrale mesmo. Não é a estação mais próxima da Piazza dei Miracoli, mas no caminho até ela, você poderá ver o Rio Arno e um pouco da cidade em si.

Para comprar souvenirs, diante dessa mesma praça, existem inúmeras barraquinhas que vendem lembrancinhas da torre e da cidade. Mas cuidado com o assédio dos vendedores ambulantes de réplicas de bolsas e relógios. Não dê muita bola a eles, se não eles não vão deixar você em paz.

Existe também umas lojas a caminho da Piazza Cavalieri que vendem miniaturas muito bem feitas de cavaleiros medievais. Se você curti, é um ótimo lugar para comprar uma.

Esse post é dedicado ao querido amigo Vinícius Abreu que vai dar uma passadinha por essa cidade em sua tournée pela Europa em março desse ano e depois vai contar pra gente o que achou dela.

Quer saber quanto custa ir para lá, mande-me um e-mail (dicaseturismo@hotmail.com) ou acesse o site www.zupper.com.br

Links Externos

www.pisa-airport.com
www.trenitalia.it
www.opapisa.it
www.visitpisa.it
www.pisaunicaterra.it

passagem Veja aqui vôos para Pisa.

hotel Veja aqui hotéis em Pisa.


6 Comentarios

[...] fico pensando o quando ainda há para conhecer no país das massas, de Romeu e Julieta, da Torre de Pisa, das praias azuis da Sardenha, até as belas paisagens do Lago de Garda.      Minha primeira [...]

Pingback por La Bella Italia | Estevam Pelo Mundo — 25 de agosto de 2013 @ 16:06



Daniela, o espinho da coroa de cristo esta na igreja de Santa Chiara que fica perto da Piazza dei Miracoli e é grátis! Essa pouca gente sabe!

Feito por Deyse ribeiro — 25 de agosto de 2013 @ 19:00



Mas e aquela que eles dizem que está nessa capelinha à beira do Arno. Existe também ou é pegadinha???

Feito por admin — 25 de agosto de 2013 @ 23:47



Estive em Pisa no mês de agosto. Muito bonito, mas atenção aos ladrões, pois fomos assaltados no camping-car. Levaram tudo e a polícia não é de grande ajuda. No global, não gostei de Itália.

Feito por sandra — 22 de setembro de 2013 @ 07:22



Poxa Sandra, sinto muito pelo que aconteceu. Infelizmente essas experiências ruins, podem nos decepcionar com o destino. Mas te aconselho a não deixar isso acabar com a imagem da Itália para você. Quando puder, faça uma nova viagem para lá, sem camping-car (rsrs) e tente tirar essa imagem da cabeça. A Itália é linda!

Feito por admin — 22 de setembro de 2013 @ 12:49



Todos os lugares do mundo tem ladrões e batedores de carteiras, mas a Italia, é um pais de estrangeiros também igualzinho ao Brazil, não só italianos que vive lá, são franceses , africanos, indianos e espanhóis, temos que tomar cuidado, levar cartão de credito, pouco dinheiro, ficar sempre perto de algum brasileiro se possivel, e falar em inglês, não esqueça disto. Espero que a Sandra volte a Italy, tire este pensamento, acontece sempre, mas é para se precaver, que o Italiano é pouco de conversa, maioria são grossos, não perdem a pose, um país endividado, mas porém, muito bonito, quanto ao Brasil.

Feito por wellington.cartaxo — 27 de março de 2014 @ 13:37



Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Comente aqui

hoteis-booking





pesquise hotéis

pesquise passagens

videos

onde fica

    veja também

  1. Piazza della Signoria
  2. Siena
  3. Aeroporto de Palermo Punta Raisi
  4. Aeroporto de Milão (Malpensa – MXP)
  5. Porta bagagem em Roma

twitter

Me on Google+