Dicas e Turismo

Jericoacoara

No final de agosto deste ano, 2016, realizamos uma viagem para alguns destinos brasileiros e Jeri, como todos a chamam, foi nosso primeiro ponto de parada.

Devo dizer que foi um destino que me surpreendeu positivamente pois não esperava encontrar no Brasil um lugar que pudesse proporcionar aquele momento precioso em que conseguimos nos desconectar dos problemas, estar em contato com a natureza, não se preocupar tanto com violência, roubos e tal. É um lugar que estranhamente preserva ainda um pouco do rústico, mas ao mesmo tempo com uma infraestrutura que te proporciona a comodidade necessária para uma viagem inesquecível.

Abaixo, conto um pouco sobre as principais informações e dicas que você precisa saber para planejar a sua viagem para Jericoacoara.

Onde fica

Jericoacoara é uma vila de pescadores que pertence ao município de Jijoca de Jericoacoara. Foi declarada área de proteção ambiental no ano de 1984 e em fevereiro de 2002 ganhou o título de Parque Nacional.

Jijoca por sua vez encontra-se a cerca de 300 quilômetros de Fortaleza, capital do estado do Ceará.

Jericoacoara 1
Como chegar a Jericoacoara

Para chegar em Jericoacoara o primeiro passo será desembarcar no aeroporto internacional de Fortaleza Pinto Martins, cuja sigla é FOR.

Existem basicamente quatro formas de chegar a Jericoacoara a partir de Fortaleza, nesse caso eu descartarei a opção de carro alugado pois de Jijoca para a Vila de Jeri será algo complicado e não recomendável de fazer em um veículo comum por se tratar de um percurso feito na areia fofa.

Um dos meios mais rápidos e mais caros é o transfer feito em helicóptero que tem a duração aproximada de 50 minutos.

Outra maneira será com a empresa de ônibus chamada Fretcar que tem uma frequência de três saídas no dia com valores que variam de 58 reais a 76 reais. A viagem dura em torno de 7:15min e o ônibus parte geralmente 30min antes do horário registrado do aeroporto de Fortaleza, no horário registrado no site da Rodoviária J. Thomé e cerca de 45min depois da Beira Mar. Existirá uma troca de veículo em Jijoca de Jericoacoara onde os passageiros serão transportados nas chamadas jardineiras por cerca de 26Km até a Vila de Jeri.

Existe ainda a opção de transfers sem ser com ônibus rodoviário. O transfer pode ser feito em um veículo 4×4, geralmente Hilux, com a duração aproximada de 4:30h. Nesse caso não existe troca de veículos. É possível ir diretamente de Fortaleza para a Vila pois o veículo é apto a realizar o percurso na areia a partir de Jijoca. O custo gira em torno de 600 reais.

A última forma de transfer, a que escolhemos e realizamos, foi o transporte feito em van ou micro-ônibus. A duração será menor que a viagem de ônibus e um pouco maior que a de 4×4, durando entre 5 e 6 horas. Nesse caso, calculamos cerca de 4:30h no trajeto até Jijoca, cerca de 20minutos de parada e mais 40min em jardineira ou pau de arara até a Vila de Jeri. Os valores giram em torno de 70 reais por pessoa cada trecho.

Realizamos nosso transfer com a empresa Ceara Rotas contratada pelo parceiro Frank-Jeri. Esse é o contato dele (http://frank-jeri.blogspot.com.br/) e aqui você encontra os detalhes de como foi nossa experiência – http://www.dicaseturismo.com.br/como-chegar-em-jericoacoara

Jericoacoara 2
Clima

Existe uma grande particularidade desse destino em relação ao seu clima. Particularidade essa que garante à Jeri um certo toque de destino internacional e isso se deve aos fortes ventos que surgem por lá entre os meses de julho e dezembro, sendo eles mais fortes em agosto e setembro. Isso atrai muitos turistas estrangeiros como franceses, norte americanos e outras nacionalidades para a prática do chamado kite surf ou Wind surf.

Não estou falando aqui de possíveis vendavais que irão impossibilitar a sua viagem, mas sim daqueles que podem fazer o seu chapéu voar da cabeça ou sua canga da espreguiçadeira, caso não esteja bem amarrada.

É fato também que o destino, por ser considerado uma das mais belas praias do mundo, atraia turistas de outros países. Mas a prática desse esporte é sim um grande motivador.

Entre os meses de fevereiro e maio, às vezes junho também, é quando cai a chuva na região. Esse é o período que irá encher as lagoas que você poderá visitar nos passeios em Jeri. É também o chamado inverno da região e da baixa temporada em que valores de diárias e passeios estarão menores.

A temperatura máxima no verão pode chegar a 36ºC e no inverno com a mínima de 23ºC.

Como se locomover

Na vila de Jericoacoara? Com os pés! Exatamente assim.

O que garante o toque de rusticidade que disse no início desse post é exatamente o fato de que na vila, as ruas são de areia. Isso mesmo! Por conta disso você vai ver sempre pessoas andando de quadriciclos, buggys, motos (moradores) e de havaianas.

É tudo muito perto pois a vila é pequena. Poderá fazer tudo a pé. E para realizar os passeios fora da vila, você irá contratar buggys para isso.

jericoacoara 10
Onde ficar

Apesar de pequena, existem muitos e diversificados meios de hospedagem em Jeri: hostels, pousadas, hotéis e até casa para alugar. Não precisa pesquisar “Qual o melhor bairro para ficar em Jeri”, pois isso não existe. É como se fosse apenas um bairro com três principais ruas.

Em nosso caso tivemos a oportunidade de ficar na pousada Villa Jomael (https://www.facebook.com/villajomaeljeri). Ela pertence a um grupo de hospedagens em Jeri que conseguiu reunir de uma forma perfeita a essência do destino com toques de requinte e rusticidade dessa vila de pescadores.

Está localizada logo no início da vila, próximo a Duna do Pôr do Sol e a poucos minutos de caminhada da rua principal. Ou seja, você consegue ficar em um lugar com mais tranquilidade, mas em 5 minutos chega ao centro mais movimentado.

Nesse post contamos a nossa experiência de como foi ficar hospedado na Villa Jomael – www.dicaseturismo.com.br/onde-ficar-em-jericoacoara

Jericoacoara 3
Onde comer

Você encontrará muitas opções de restaurantes para fazer suas refeições em Jericoacoara, principalmente nas ruas principais: Rua São Francisco, Rua Principal e Rua do Forró.

Os cardápios oferecem opções de peixes e frutos do mar sempre fresquinhos (Você se lembra? É uma vila de pescadores, rsrs), mas também comida italiana, regional e muito mais. Gostei muito do risoto da Cantina Tropicana e também da lasanha do restaurante Pasta e Pizza Peperino. Bom preço em ambos os lugares.

Na Rua do Forró, de frente para a praia, tem dois bons bares que servem comida também: o Bar do Alexandre e o Milano Beach Bar. Esse último bar, mais barato, oferecia uma interessante opção para almoço com pratos entre 20 e 25 reais que servia arroz, feijão, vinagrete, farofa e um espeto de carne. Ainda aqui a porção de camarão a milanesa era 20 reais mais barato com mesma quantidade e sabor.

Todos os restaures e bares que fomos aceitavam cartão de crédito.

O que fazer em Jericoacoara

O melhor que poderá fazer em Jeri é descansar e apreciar a fantástica vista que o destino oferece. Não importa para onde olhe, sempre irá se deparar com uma paisagem deslumbrante. Mas…. Existem também algumas opções imperdíveis de passeios. Abaixo conto um pouco do que fizemos em Jeri.

Jericoacoara 4

Pedra Furada

Esse foi o primeiro local que visitamos. Chegamos em Jeri por volta das 15h e depois de comer alguma coisa, nos dirigimos até o Restaurante do Bigode na Rua do Forró onde um senhor partia por volta das 16h com um carrinho e um isopor de bebidas rumo à Pedra Furado.

Seguimos ele para fora da vila, cruzamos um morro e então descemos por um paredão de areia até a praia onde está a pedra. Tiramos algumas fotos e depois subimos pela outra parte do morro. Lá, vimos o primeiro pôr do sol de Jeri. Foi um passeio bem legal para iniciar sua visita no destino.

Depois disso é possível retornar a pé para a vila ou então, alguns moradores te esperam com charretes para te levar de volta. Se não me engano eles cobravam o valor de 10 reais por pessoa para levar até a Rua do Forró.

Jericoacoara 5

Duna Pôr do Sol

Como a Villa Jomael está próxima a esse local, conseguimos assistir esse espetáculo por duas vezes. A partir dessa duna, lá no alto, você consegue ver o sol se por no mar.

Confesso que ao ver a duna de longe parecia ser uma tarifa difícil e demorada. Mas não foi nada disso. Do pé da duna até seu topo, levamos cerca de 10 minutos apenas para subir e apreciar um lindo espetáculo da natureza. Como já estávamos no período dos praticantes de kite, a paisagem ficou ainda mais bonita com as pipas que dançavam ao vento enquanto o sol se escondia. SUPER recomendo esse show!

Você pode fazer por conta própria. Não é necessário contratar um passeio para isso. E pasmem…. No topo tinha ainda um senhor com isopor que vendia bebidas por lá (obviamente ele não aceita cartão, ok? Rsrs).

Jericoacoara 6

Praia de Jericoacoara

A principal praia de Jeri, onde as pessoas tomam banho e sol. Fica em frente aos bares que mencionei acima. Você pode sim levar a sua canga e colocar na areia, mas essa mesma faixa de areia varia de acordo com a maré. Ou seja, em alguns momentos do dia você tem uma grande faixa e em outros, ela simplesmente diminui, pois, a água avança.

Não vai ser o tipo de praia que você encontrará guarda sóis e cadeiras de praia por toda a parte, mas, próximo aos bares e às pousadas que ali estão encontrará alguns garotos que cuidam e alugam conjuntos com duas espreguiçadeiras e guarda sol. Obviamente os valores de Jeri mudam de acordo com a temporada, mas no final de agosto o valor era de 20 reais por um conjunto desses o dia inteiro ou 5 reais por hora de aluguel.

Jericoacoara 7

Praia Malhada

Esse foi outro passeio que fizemos por conta. Na realidade a Praia Malhada é uma continuação da Praia de Jeri.

Quando a maré estiver baixa sugiro que faça esse passeio, caminhando. Encontrará uma praia com pedras e em algumas delas, pequenas piscinas que ficaram com a água retida quando a maré baixou.

Por ter muitas pedras, não encontrei ninguém tomando banho por ali. E por isso mesmo, não é muito recomendável passar por lá quando a maré subir. Mas definitivamente é uma caminhada que vale muito a pena.

Jericoacoara 8

Passeio Litoral Leste

Existem basicamente dois tipos de passeios que as agências oferecem por lá: litoral leste e oeste.

O passeio do Litoral Leste é o passeio que você vai querer fazer só por ver as fotos das famosas Lagoa Azul e Lagoa do Paraíso. Tem uma duração aproximada de 5 horas e pode ser feito em buggy ou quadriciclo.

Você irá conhecer, nessa sequência, a Pedra Furada, a Árvore da Preguiça, a Praia do Preá, uma rápida parada na Lagoa Azul e por último, a Lagoa do Paraíso. Nesse último ponto terá como base o Alchymist Beach Club e passará algumas horas por lá.

Jericoacoara 9

Passeio Litoral Oeste

As fotos não fazem jus a esse passeio pois não são muito convincentes de sua beleza. Mas, ao ver o vídeo de alguns momentos dessa atração, resolvemos fazê-lo também.

Esse passeio tem também a duração de 5 horas e irá te levar para os seguintes pontos: passeio de barco para ver os cavalos marinhos e mangue seco, mangue de Camocim, as dunas de Tatajuba, fazer sand board em uma duna de 80 metros de altura e por último a Lagoa Grande onde terá também um bar/restaurante como ponto de apoio.

Vida noturna

As principais atrações noturnas de Jeri são as festas na praia aos sábados e o famoso forró no restaurante da Dona Amélia aos sábados e quartas.

Conseguimos ver uma dessas noites de forró em uma quarta. Após as 21h os garçons do restaurante retiram as mesas que ficam em um pátio central aberto, encerram as atividades de restaurante e então começam as atividades com a balada do forró com música ao vivo.

A partir desse momento, as pessoas não serão mais servidas nas mesas. Portanto eles pedem para que os clientes fechem suas contas e o consumo passa a ser diretamente no bar do restaurante. O evento dura até as 2 horas da manhã.

Dicas

Antes de viajar, li em muitos lugares que era importante levar dinheiro pois só existia um caixa eletrônico do Bradesco. Sinceramente, levei uma quantia razoável, mas utilizamos dinheiro apenas para contratar os passeios, alugar espreguiçadeiras e comprar algumas coisas em barraquinhas de bebidas que ficavam na praia. O restante, todos aceitavam cartão. Acredito que até mesmo as agências de passeios que tinham loja, aceitavam cartões de crédito.

A voltagem em Jeri é 220V. Portanto, fique atento aos eletrônicos que levar.

Existe ainda a possibilidade de fazer algumas aulas de surf, kite surf e Wind surf por lá. Uma vez perguntamos a um instrutor e no caso do kite, disse que custava cerca de 2mil reais por 8h de aula. Salgado, mas tem muita gente que procura por isso nesse destino.

Se visitar Jeri na época dos ventos, não se esqueça de subir a Duna do Pôr do Sol com uma canga. Vai precisar dela para se proteger do vento que joga areia em suas costas.

Esqueça tênis, sapatilhas e sandálias. Vai usar apenas chinelos por lá e no máximo uma rasteirinha à noite.

Atente-se aos horários dos estabelecimentos. Percebemos que entre as 14h e 16h muitos restaurantes estavam fechados. E também, após as 23h, não tinha mais muitos estabelecimentos abertos. Essa informação é importante para você se organizar ao longo do dia.

Links externos

www.icmbio.gov.br


Seja o primeiro a comentar

Ninguem comentou ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Comente aqui

hoteis-booking





pesquise hotéis

pesquise passagens

onde fica

    veja também

  1. Onde ficar em Jericoacoara
  2. Como chegar a Jericoacoara
  3. Roteiro Salvador e Praia do Forte
  4. Maragogi, Alagoas
  5. Maceió e Maragogi de carro

twitter

Me on Google+