Dicas e Turismo

Por que não uma Toscana diferente?

Publieditorial

Recentemente descobri, pela internet e através de alguns contatos, uma forma mais do que especial de conhecer a Toscana.

Morei por quase 4 anos na Itália, e hoje, de volta ao Brasil, e sem previsão de retorno a esse encantador país, me sinto um pouquinho chateada por nunca ter ouvido antes, a história e a incrível dica que deixarei logo a seguir.

Há alguns dias conheci uma pessoa que, somente pelas suas palavras, é possível ter a certeza de que é apaixonada por viajar e pelas experiências que uma viagem pode trazer a nossa vida. Infelizmente, foram apenas conversas por e-mail, mas foi mais do que suficiente para conhecer sobre essa paixão e sobre a experiência vivida por ela na última vez em que esteve na Itália.

Não foi a primeira, mas sim a quarta vez em que visitou esse país. O que mudou dessa vez foi a sua companhia. Sempre ao lado de pessoas importantes em oportunidades anteriores, essa também foi preenchida por uma companhia mais do que especial. Estava levando seu filho, pela primeira vez, para conhecer e se apaixonar assim como ela, pela terra de seus ancestrais. Eu não a culpo. Como disse, já morei por lá, e sei o quanto encantador pode ser esse país.

Toscana 2

O que mais me emocionou na história que ela me contou, foi que não poupou esforços para fazer com que seu filho extraísse o melhor da essência italiana. Seu cotidiano, cultura, arte e a (conquistadora) gastronomia. E agora entra a dica de “ouro”, como ela mesma me disse.

Para fazer com que isso acontecesse da forma como ela imaginava, contou com a ajuda de uma guia tão ou mais apaixonada do que ela por viagens, pela arte, pela Itália e por transmitir tudo isso da uma forma tão fácil de entender e de compartilhar da mesma paixão. Uma jovem brasileira que, há alguns bons anos trabalha como guia por lá, cumpriu a missão de fazer o seu filho se apaixonar pela Toscana, uma das regiões da Itália que ela considera mais importante.

Toscana 1

Já imaginou conhecer a Galleria degli Uffizi ao lado de quem entende de arte italiana e pode te explicar tudo isso em português? Ou ainda, com essa mesma companhia tão bem instruída e agradável, descobrir os mistérios das cidades de Pisa, Florença, Siena, Chianti e Monterggioni? Conhecer a história do povo de Volterra? Entender o que os italianos estão fazendo ou falando ao passar por eles e constatar a importância de algumas de suas atitudes e gestos no dia a dia? Comer alla italiana em um aconchegante e típico restaurante, diferente daqueles que servem só para atrair turistas? Pois é! Melhor eu parar por aqui, pois já me arrependo de não ter conhecido essa guia antes. Onde ela estava quando eu morava por lá?

Devo dizer que o encanto dessa adorável viajante foi tamanho, que ela já está programando uma segunda viagem com seu filho. E me confidenciou, ciente de todos os tours que essa guia brasileira criou por lá (que podem ainda ser personalizados) que na próxima vez em que desembarcar na Itália, vai ser para curtir um fabuloso passeio de balão pelos campos da Toscana, um piquenique por seus pitorescos vinhedos e quem sabe ainda, encaixar um belo curso de culinária para seu filho?

Toscana 3

E agora, volto a perguntar: Por que conhecer sempre a mesma Toscana, se com a ajuda dessa adorável guia brasileira, você pode fazer passeios que guia nenhum tem escrito por aí? Personalizado ou não, você pode realmente conhecer a Toscana dos italianos e não a dos turistas. Essa foi a história. E essa é a dica!

Sabe como a simpática protagonista dessa história me resumiu essa experiência? Com apenas uma palavra: APAIXONANTE!
Eu acredito. Fiquei mais apaixonada ainda pela Itália!

Sei que ficou curioso. E vou deixar aqui o site que ela me passou, onde você poderá encontrar muitas outras informações sobre como os brasileiros podem se aventurar e conhecer melhor a bela Toscana www.passeiosnatoscana.com


11 Comentarios

Boa tarde! Eu, meu marido e nossa filha de 2 anos e 10 meses estamos indo para Toscana em 09/03/14 e precisamos muito de alguém que possa nos guiar pela Toscana sem perder tempo e saber tudo!!!!
Estamos um pouco preocupados com a rotina da nossa filha.
Poderia me passar o nome e contato desta guia que você menciona na reportagem?
Obrigada
Ana Paula

Feito por Ana Paula — 30 de janeiro de 2014 @ 16:41



Olá Ana Paula, tudo bem?
Já passei seu e-mail para minha amiga e logo entrará em contato com você.
Abraços e aproveitem a Toscana!!!

Feito por admin — 31 de janeiro de 2014 @ 01:23



Boa tarde! Grata pela relevante dica. Também gostaria, se possível do contato desta guia que foi bem recomendada. Abç Ione.

Feito por Ione — 15 de fevereiro de 2014 @ 17:51



Olá Ione, fico contente que tenha gostado das dicas.
Já passeio seu contato para a minha amiga. Loge entrará em contato com você!
Abraços
Daniella Mendes

Feito por admin — 23 de fevereiro de 2014 @ 13:17



Sra. Ione, ja lhe enviei um email. obrigada. Se não receber me avise! abraços.

Feito por Deyse Ribeiro — 23 de fevereiro de 2014 @ 13:39



OLA, ADOREI SUA HISTORIA. VOU ITALIA EM ABRIL E GOSTARIA MUITO DE CONHECER COM MAIS INTENSIDADE TODA HISTORIA E CULTURA. AGRADECERIA SE ME DESSE O CONTATO.
OBRIGADA.

Feito por IANNA REZENDE — 5 de março de 2014 @ 21:16



Olá Ianna, tudo bem?
Já encaminhei seu e-mail para minha amiga. Ela entrará em contato com você em breve.
Abraços
Daniella Mendes

Feito por admin — 9 de março de 2014 @ 12:19



Obrigada Ianna, lhe enviei um email, se não receber me avise. abs

Feito por Deyse Ribeiro — 9 de março de 2014 @ 13:21



Você poderia informar o contato desse guia, pois estou pretendo ir a Toscana em setembro.

Abs,

Daniel

Feito por Daniel — 23 de abril de 2014 @ 18:09



Olá Daniel, pode deixar que passarei o seu e-mail para ela. Entrará em contato com você em breve.
Abraços

Feito por admin — 7 de maio de 2014 @ 10:51



Ola Daniel,
Sou a Deyse, a guia citada, o meu site é o http://www.passeiosnatoscana.com
Estou lhe enviando email, se não receber, me avise, obrigada! Abs

Feito por Deyse Ribeiito — 8 de maio de 2014 @ 07:21



Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Comente aqui

twitter

Me on Google+