Dicas e Turismo

Gêiseres del Tatio, Atacama

Esse foi o primeiro dos nossos passeios pelo Atacama, que na realidade deveria ser o último (período de aclimatação). Isso mesmo! Pois esse é um dos tours que mais vai exigir de você. Primeiro porque você subirá de 2.400m (San Pedro de Atacama) a 4.320m, em um curto tempo. Depois, porque o ar por lá vai estar cheio de enxofre e tudo isso vai começar bem cedinho, tipo umas 3h da manhã.

Nós acordamos às 3h e a van passou para nos pegar no hostel, às 3:30h. Levamos aproximadamente 1:40h para chegar até o local dos geisers e segundo o Franco (porque eu dormi o caminho todo, rs), a estrada era um tanto quanto ruim, com curvas e buracos. E quando lá em cima chegamos, além do 10°C negativos, nos deparamos com um terreno de onde surgiam, em muitos pontos do solo, colunas de fumaça de alturas e espessuras diferentes.

Geisers del Tatio 17

O incômodo que o Franco sentiu, foi um leve enjôo em função da estrada e eu, um pouco de falta de ar, mas evitando movimentos rápidos, ela logo passou. Contudo, não se preocupe, os efeitos da altitude não afetam a todos. Existiam pessoas em nosso grupo com seus 50, 60 anos, que não sentiram absolutamente nada.

A questão é que aquele lugar era inacreditável. Nunca tinha visto nada parecido. E assistir ao geisers em plena atividade no momento em que a noite se despede e a luz do dia começa a surgir, confere todo a magia ao passeio.

Geisers del Tatio 11

Para quem não sabe, geisers (ou geiseres), são nascentes termais que entram em erupção periodicamente, e quando o fazem, lançam vapor e jatos de água quente para o ar. Isso acontece no momento em que águas subterrâneas entram em contato com rochas quentes ou lava vulcânica, também abaixo do solo, que aquecem essa água até ela chegar ao seu ponto de ebulição. E daí, exatamente nesse momento, a água atinge uma alta pressão e tem que escapar de alguma forma. É então que ela encontra essas fissuras na superfície de alguns pontos do nosso planeta, e se lança de forma violenta ao ar.

Geisers del Tatio 18

Segundo a nossa guia existem tipos diferentes de geisers: os que cospem lama, água ou apenas vapor. Lá, você consegue ver todos esses tipos.

Ficamos observando por alguns minutos as atividades desse peculiar fenômeno da natureza e depois que o dia amanheceu, tomamos o nosso café da manhã e seguimos para a piscina de água termal que ficava próxima a área dos geisers.

A esse momento do dia, tínhamos uma temperatura externa de 5°C e a água dessa piscina natural, estava aproximadamente a 29°C. Fora existem algumas cabines onde você pode se trocar.

Geisers del Tatio 10

A água dessa piscina surge do solo, por buraquinhos não tão violentos como os gisers vistos antes, mas que fazem com que essa água se mantenha sempre quente. Em alguns momentos, principalmente na parte rasa, onde podíamos ficar quase ajoelhados, sentíamos a água sair do solo. Cuidado para não queimar os pés, rs!

E aqui o recomendável é não ultrapassar os 20 minutos dentro dela. Por mais gostoso que seja, ela é enxofrada, e inalar esse odor por muito tempo, pode te fazer mal. Além disso, evite molhar o rosto, cabelos (para as mulheres, rs) e definitivamente, não engula essa água.

Quinze minutos passados, chegou então o pior momento. Criar coragem para sair do quentinho e passar para aquele frio congelante até a cabine desocupada mais próxima, para tirar a roupa molhada e vestir roupas secas.

Feito isso, entramos na van novamente, paramos em alguns pontos do caminho para tirar algumas fotos e seguimos para nossa última parada, o povoado Machuca, que não era tão povoado assim. Existiam cerca de 20 casas e uma igreja. Aqui o interessante é observar a construção típica das casas e para quem quiser, provar as empanadas ou churrasquinho de llama.

Geisers del Tatio, Atacama

Dicas

- Leve sempre uma garrafa de água com você e beba em pequenos goles. Ela ajuda a diminuir os efeitos da altitude.

- Aqui você vai encontrar uma temperatura bem baixa, como 10°C negativos. Então, luvas, gorro e cachecol serão indispensáveis.

- Para não se incomodar muito com o cheiro de enxofre, leve um lenço para tampar o nariz.

- Se quiser entrar na piscina termal, já vá com um biquíni por baixo. Por mais que a água seja quente, fora estará frio. E não vai querer passar muito tempo fora dela com poucas roupas. Ah! E não se esqueça de levar toalha e roupas de baixo secas, para colocar depois que tirar o biquíni molhado!!!

- Leve um tripé para sua câmera. Fotografar quando ainda está escuro pode fazer as fotos saírem um pouco tremidas. Um tripé pode ajudar.

Links externos

Fizemos o nosso passeio com a Ayllu Expediciones.


Seja o primeiro a comentar

Ninguem comentou ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Comente aqui

twitter

Me on Google+