Dicas e Turismo

Comida italiana em São Paulo – Eataly

Há alguns finais de semana atrás fomos conhecer o mais novo Eataly que chegou à cidade de São Paulo.

Eataly é um estabelecimento que reúne conceitos de feira, mercado, restaurantes e ponto de encontro de amigos. Se você já foi, por exemplo, para Madrid, posso dizer que o Eataly nos lembrou muito o Mercado San Antón e também San Miguel.

A idéia desse local é, como em suas próprias palavras: “reunir todos os alimentos italianos de qualidade sob o mesmo teto, um lugar onde você pode comer, comprar e aprender”.

Este Eataly, o de São Paulo, não é o único que existe no mundo e nem foi o primeiro. Na realidade, o primeiro deles foi aberto em 2007 na cidade de Turim, Itália. Hoje existem cerca de 29 lojas Eataly espalhadas pelo mundo: 15 delas encontram-se dentro da Itália, 9 estão no Japão, 2 nos EUA, 1 em Dubai e 1 em Istambul. A de São Paulo, inaugurada em maio de 2015.

Eataly São Paulo 4
O que encontrar no Eataly?

Logo ao entrar no Eataly, você se depara com uma área central muito parecida a um mercado, com algumas barraquinhas ao centro (tipo feira), disputando espaço entre os corredores e gôndolas deste mercado.

Nesta área você irá encontrar alguns utensílios de cozinha, molhos, macarrão italiano, tomates, pimentas e outros legumes nas barraquinhas. Aqui você poderá encontrar também as famosas cafeteiras italianas (que eu particularmente adoro e não deixam você errar a medida). E estou falando daquelas cafeteiras Bialetti, não das elétricas com cápsulas.

Ao fundo dessa área estará a perdição: gôndolas refrigeradas com embalagens de frios como os estonteantes queijos parmesão Reggiano e Grana Padano, mortadelas, presuntos (prosciuto crudo e cotto) e salames.

Eataly São Paulo 1

Ao redor dessa área você encontrará balcões de alimentação expressos. Existe uma padaria que vende pedaços de foccacia recheada (doce e salgada), pão italiano que pode ser aberto e colocados presuntos e queijos que desejar para fazer seu sanduíche, uma ideia de restaurante com menu enxuto e prato do dia, sorveteria, um balcão de doces com chocolates e Nutella e etc.

Eataly São Paulo 2”></p>
<p><img src=

No primeiro andar, subindo as escadas rolantes estarão ainda gôndolas com produtos italianos (massas, azeites, temperos e vinhos) e nas pontas, restaurantes com especialidades. Um deles oferece pratos de peixes e frutos do mar, outro, pratos de carnes e o último, massas e pizza. Todos apresentam pratos com ingredientes italianos, feitos também à moda italiana.

No último andar está o Restaurante Brace Bar e Griglia, ocupando majestosamente todo o espaço do segundo andar e com os preços mais salgados. Não foi este o restaurante que escolhemos para fazer a nossa refeição nesse dia, mas ficamos sabendo que grande parte das opções de seu menu é feito na brasa.

Existe ainda no Eataly alguns cursos de culinária para adultos e crianças. Basta ver no site a programação e fazer a sua inscrição.

Eataly São Paulo 7

Como funcionam os restaurantes do Eataly?

Sinceramente, ao me deparar com as enormes filas para entrar nos restaurantes, fiquei um tanto quanto preocupada com a possível demora para encontrar uma mesa. Mesmo porque, como diz meu marido, sou como um Tamagoshi. Ter o sono e a fome saciados, são de vital importância para minha existência e bom humor, rsrs.

Vi que a maior parte das pessoas que estavam esperando precisavam de mesas maiores. Aqueles que estavam em casal, por exemplo, tinham maior rotatividade.

Achei muito interessante a organização da chamada das mesas. Você escolhe o restaurante que irá fazer a sua refeição, pega a fila para falar com a hostess, faz o seu cadastro deixa seu telefone.

Assim que efetuado, você recebe um SMS dizendo qual a sua posição na espera, e em seguida, quando chegar a sua vez, receberá um novo SMS para se apresentar em 2 minutos ao restaurante, para pegar sua mesa. Isso é uma forma bem legal, pois te deixa à vontade para dar um rolezinho por outras partes do Eataly.

Eataly São Paulo 5

O Eataly é caro?

Bom… Essa é a pergunta que todos querem saber a resposta e que ela seja preferencialmente um NÃO. Scusatemi ragazzi, má…. a resposta é MAIS OU MENOS.

Vamos considerar que os alimentos são provenientes da Itália, temos o custo de exportação, armazenamento e câmbio envolvidos. Obviamente a mortadela vendida no Eataly será mais cara que a mortadela Perdigão, mas fazendo as contas do custo envolvido e dos valores praticados na Itália para venda (daquilo que nós lembramos quando moramos por lá), digamos não existe uma mais valia exagerada sobre o valor de venda no Brasil, pelo menos para alguns produtos.

Com relação aos restaurantes, no RossoPomodoro por exemplo, um prato de spaghetti ao sugo custa cerca de 25 reais (razoável), assim como a pizza margherita que tem tamanho individual. Depois os preços começam a variar entre 34 reais e 48 reais. Não é absurdamente caro e tem sempre uma opção que cabe no bolso.

Eataly São Paulo 6”></p>
<p><img src=

O veredito final é: dá para almoçar sim em um final de semana por lá, no mês. Os produtos são de boa qualidade e você vai sentir o sabor da Itália sem sair de São Paulo. Os produtos do mercado também valem a pena para uma noite especial no mês com petiscos de boa qualidade para receber alguns amigos em casa ou mesmo seu par romântico.

Temos que ser ainda um pouco tolerantes com a questão de seu jovem tempo de funcionamento. Por conta disso ele ainda se encontra lotado aos finais de semana. Muita gente mesmo.

Se quiser visitá-lo agora, tenha isso em mente antes de sair de casa. Caso contrário, espere um pouco mais. Acredito que daqui um tempinho a febre de sua recente abertura irá passar e o público visitante será um número mais reduzido e confortável para fazer uma visita agradável.

O que mais preciso saber sobre o Eataly?

Ele possui estacionamento, mas não acho que valha a pena. Além de caro (pelo que me lembro, 10 reais a primeira hora e as demais, 5 reais), a fila para conseguir entrar nele é gigante.

Se puder andar um pouquinho, cogite a ideia de estacionar fora, na rua.

Funcionamento

O mercado funciona todos os dias, das 8h às 23h. Já os restaurantes podem ter horários diferentes. No site oficial, na aba RESTAURANTES, você consegue clicar em cada um deles e descobrir seu horário de funcionamento.

Onde fica o Eataly?

O Eataly São Paulo encontra-se na Av. Presidente Juscelino Kubitscheck, 1489. Tem estacionamento próprio, pago e está entre as estações de trem Cidade Jardim e Vila Olímpia, a cerca de 1,5Km de distância delas.

O que achamos do Eataly?

Não é um passeio gastronômico barato, mas também com preço razoável pela qualidade dos alimentos que oferece. Acreditamos que seja uma boa opção de passeio para você fazer uma vez por mês.

O RossoPomodoro, onde fizemos nossa refeição, não demorou muito para conseguir nossa mesa. Cerca de 10 minutos. Todos lá foram muito atenciosos, inclusive o sommelier. O prato estava divino: ao ponto, bem temperado e valia o preço.

Mas gosto é gosto! Recomendo que você faça a sua visita e depois volte para nos dizer o que achou do mais novo Eataly São Paulo.

Links externos

www.eataly.com.br


Seja o primeiro a comentar

Ninguem comentou ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Comente aqui

twitter

Me on Google+