Dicas e Turismo

Brechós em Buenos Aires: viajando por estilo

Conteudo

Confira dicas de lugares para garimpar roupas clássicas na charmosa capital argentina

Para as pessoas estilosas que gostam de viajar, uma das dicas de cidade imperdível é Buenos Aires. A capital da Argentina já é muito conhecida por ser um grande centro comercial – lá você encontra de tudo com preços muito atraentes! Mas, além de grandes grifes, couro e outros acessórios, algo que chama a atenção na capital portenha são os brechós!

Os brechós ficaram muito populares na cidade depois que a crise chegou na década de 70 e muitas pessoas acharam melhor se desfazer de suas roupas (muitas delas de grife!). Até hoje é possível encontrar verdadeiros tesouros de estilo e etiqueta nos pequenos estabelecimentos espalhados pela cidade. E olha que alguns nem são tão pequenos assim.

brecho

Veja algumas opções de onde fazer suas compras em Buenos Aires e aproveitar preços ainda menores em verdadeiros achados!

Alma Zen

Brechó clássico que já recebeu o título de boutique vintage e boutique de curiosidades. São muitas as opções para fazer o look perfeito! Endereço: Anchorena 660 – Balvanera.

El baúl de Valentina

É um dos mais conhecidos da região e com maior diversidade de peças. Possui três unidades. Endereços: Cabildo 2370, local 44 y 46 – Belgrano / Federico Lacroze 2646 – Colegiales / Godoy Cruz 2657 – Palermo.

Feria Americana Mendoza

Para quem gosta de roupa de atitude, aqui é o lugar certo! São muitas opções de peças para compor um look de muita ousadia. Endereço: Mendoza 2350 – Belgrano

Juan Perez

O mais famoso brechó entre todos de Buenos Aires! Além de uma loja de roupas e acessórios, é uma galeria de arte, já que a sua fachada recebe intervenções culturais mensais. Endereço: Marcelo T. Alvear 1355 – Barrio Norte.

Galeria 5ª Avenida

A variedade não é tão grande, sendo necessário buscar bem no fundo de algumas prateleiras. No entanto, também é possível encontrar grandes tesouros! Endereço: Av. Santa Fe y Talcahuano – Retiro.

Conteúdo by Conversion


Seja o primeiro a comentar

Ninguem comentou ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Comente aqui

twitter

Me on Google+