Dicas e Turismo

Berlim

Foi uma das cidades que visitei nessa última temporada que passei na Itália.

Fomos no mês de maio, logo depois de ter visitado Amsterdam, na Holanda.

De Amsterdam à Berlim peguei um trem. Até procurei maneiras de ir com transporte aéreo, mas os preços eram bem altos e acabou sendo mais conveniente a viagem de trem.

Apesar de suas 6:30h de viagem, até que foi bem confortável.

Pegamos o trem em Amsterdam Centraal, fizemos baldiação em Amersfoort e depois seguimos até Berlim com o trem IC – Berlijn 149.

Alguns assentos possuiam mesa e tomadas nas laterias. Então acabamos usando o computador e comemos nossos lanches com todo conforto.

Apesar do último vagão ser um restaurante, optamos por comprar as coisas no mercado antes de subir no trem. Era mais barato.

Compramos os bilhetes direto do site www.nshispeed.nl e pagamos 49 euros cada (só ida).

Mas atenção, o site é meio chato para conseguir efetuar a compra. Só me autorizou quando utilizei um cartão pré pago italiano. Nem o meu cartão internacional foi autorizado.

Enfim, chegamos em Berlin Ostbahnhof à noite e de lá pegamos outro trem até nosso hotel.

Ficamos no Generator Hostel & Hotel. Prometo escrever um post só sobre ele.

Uma coisa para se saber sobre essa cidade, é que ela tem muita, mas muita mesmo, história para contar.

Você pode visitar refúgios anti-aéreos e anti-atômicos. Museus muito bem montados e interativos como o The Story of Berlin, além de aproveitar diversos guias que prestam seus serviços passeando pela cidade e explicando-a aos turistas.

Para aqueles que gostam, dêem uma volta pela Ilha dos Museus. Você vai encontrar desde a Ópera da cidade até arte egípcia e grega.

Você pode tembém dar um passeio de barco por lá.

Eu não sabia, mas existe um rio, o Rio Spree, que corta o centro da cidade.

Passeie pelo grande Jardim Tiergarten, onde de um lado você pode ver a Estátua da Vitória e do outro o famoso Portão de Brandemburgo.

Você pode também fazer uma visita ao Knut no zoológico da cidade. O primeiro urso polar a nascer em Berlim em mais de 30 anos.

Enfrente a fila e suba até a cúpula de vidro do Parlamento (Reichstag). Há! Não se esqueça de pegar o audio guia. Ele vai ser muito útil para você durante o tour.

Não deixe de entrar no Museu do Checkpoint Charlie, pague o mico de pagar por um carimbo em seu passaporte pelo soldado da fronteira e depois, seguindo pela rua Zimmerstrasse, à oeste, você vai encontrar uma linha dupla de paralelepípedos que marca a localização do antigo muro.

Essa rua, mais pra frente se transformará na rua Niederkirchnerstrasse e lá encontrará a Topografia do Terror e 200m do Antigo Muro de Berlim. Um dos maiores que restam.

Já que chegou até aqui, estique até a Potsdamer Platz e visite o majestoso e hi-tech Sony Center. Experimente a televisão 3D.

Enfim, definitivamente tem muita coisa para se ver em Berlim.

O transporte ferroviário parece meio confuso de tantas linhas que possui, mas te leva pra qualquer parte. Você pode comprar bilhetes nas máquinas automáticas disponíveis em praticamente todas as estações de trem.

Com a comida também é facíl de se virar. Alám de tantos fast foods, Häagen-Dazs e Dunkin’ Donuts por lá, existem barraquinhas de noodles em algumas estações e muitos bons restaurantes e bares.

Mas o mais importante para mim, foi a visita ao Campo de Concentração Sachsenhausen, da 2ª Guerra Mundial.

Foi extremamente emocionante ver bem na sua frente um lugar por onde passaram pessoas que tanto sofreram e que tanto fizeram sofrer.

O que eu li nos livros e que antes não tinha idade e maturidade para entender, estava ali, bem diante de mim e improvisamente me arrepiou e me fez chorar.

Uma visita muito difícil, mas que eu recomendo em absoluto.

Isso tudo é história e da maneira mais fácil de se aprender.

Mais pra frente vou escrever alguns post específicos dos lugares que visitei.

Sejam bem vindos a Berlim.

passagem Veja aqui vôos para Berlim.

hotel Veja aqui hotéis em Berlim.


Um Comentario

Ótimas dicas! Passaremos dois dias em Berlim e um em Munique no final de setembro. Gostaria de dicas sobre a viagem e clima nessa época do ano

Feito por Oswaldo Malheiros de Souza — 10 de agosto de 2013 @ 14:11



Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Comente aqui

twitter

Me on Google+